Siga-nos

Conteúdo que gera resultado!

Desafio aceito ao liderar uma franquia da D’pil, no Tatuapé

D'pil Tatuapé é administrada por Ricardo Otávio

Negócios e Finanças

Desafio aceito ao liderar uma franquia da D’pil, no Tatuapé

Assim como as mulheres, os homens também estão liderando profissões antes dominadas só por elas. E olha que eles estão se saindo super bem! Quer uma prova?

Sem medo de se arriscar, Ricardo Otávio Guimarães Lima, de 24 anos, formado em Administração pela ESPM, abriu mão de seguir carreira em grandes empresas para assumir uma unidade no Tatuapé da franquia D’pil Brasil.

Ricardo trabalhou na área de Projetos Estratégicos e Gestão Corporativa na GOL Linhas Aéreas e também como assessor do presidente do Grupo Induscred.

“Fiz contatos e aprendi muitas coisas. Só que chegou um ponto que precisava me desafiar mais”, relembrou.

A CLÍNICA

Em 2018 surgiu a oportunidade de assumir a clínica – que já existe há oito anos. “Aí eu pude implementar as minhas ideias. Confesso que está sendo uma experiência bem única. É um ramo completamente novo pra mim e estou tendo que aprender tudo de estética. Isso para uma pessoa que nunca tinha cogitado fazer uma limpeza de pele na vida!”

O foco da D’pil é fotodepilação através da tecnologia de Luz Intensa Pulsada. Menos agressiva que o laser, segundo Ricardo, ajuda também nos tratamentos de rejuvenescimento, na redução de manchas e no combate à acne.

Temos ainda uma boa gama de tratamentos faciais, como limpeza de pele e peeling, que vão além dos protocolos tradicionais. Rejuvenescimento, clareamento e efeito lifting. Na parte corporal oferecemos massagens modeladora, relaxante e drenagem, protocolos específicos para redução de medidas com ultrassom e plataforma vibratória. Além de tratamentos para combater a flacidez e a celulite, e o rejuvenescimento com a Criofrequência”, enumerou.

Varanda e fonte para deixar o tratamento ainda mais relaxante na D'pil Tatuapé

Sala da D’pil Tatuapé com varanda e fonte com carpas: tratamento especial para todas as clientes

SUCESSO

Ricardo ainda cuida de toda a parte administrativa e financeira da clínica, assim como do RH, da gestão das funcionárias e do marketing.

“Eu fico também na recepção, o que dá a oportunidade de me aproximar dos clientes, e também conferindo os atendimentos. Quando necessário, explico e vendo os tratamentos. É importante que toda a equipe esteja preparada para isso, conhecendo todos os produtos e tratamentos oferecidos pela clínica. E eu me incluo nisso”, revela com um sorriso no rosto.

Mas como Ricardo vê toda esta transição de atividades?

“Na minha opinião, ser homem ou mulher não interfere em nada na capacidade ou habilidade de se administrar um negócio. O sucesso não vem do gênero. Então, neste sentido, é indiferente. Mas administrar um negócio ‘do gênero oposto’ apresenta uma gama de desafios diferentes para serem superados.”


CONHECIMENTO

Um exemplo? “Conquistar o respeito das funcionárias é algo difícil, normalmente. Mas como preciso me inserir nesse novo ambiente, no qual não é comum a presença de um homem, eu precisei e vou continuar precisando estudar muito para provar que entendo do assunto e que as minhas decisões têm uma razão técnica. As funcionárias precisam ter confiança para que possamos entregar o melhor trabalho possível”, comentou.

AS CLIENTES

Quanto às clientes, elas precisam se sentir seguras com relação ao conhecimento do Ricardo e a comunicação também deve ser bem diferente.

“O tradicional para as clínicas de estética é a dona estar à frente das redes sociais divulgando e demonstrando os tratamentos e novidades. Eu preciso trabalhar junto com as esteticistas para que elas me ajudem a suprir esta questão.”

Ricardo ainda comenta que existem mulheres que não se sentem à vontade ao encontrar um homem na recepção da clínica. “Eu não realizo nenhum atendimento, mas às vezes, só de me verem na recepção, elas não se sentem muito confortáveis. Mas faz parte. É outro desafio.”

O RESULTADO

Assim como alguns homens não gostam de ver mulheres ‘no seu espaço’, algumas mulheres não gostam de ver homens ‘no espaço delas’.

“O que importa pra mim é que, mulher ou homem, o cliente que entrar pela porta da minha clínica vai ter o melhor atendimento e vai sair feliz com o resultado. Com o passar do tempo isso ‘desarma’ aquelas clientes com ‘o pé atrás’ e, no fim, acabamos criando uma amizade.”

Ricardo acredita que essa mudança vem se consolidando porque boa parte das pessoas da sua geração não enxerga mais essa questão de gênero como um fator limitante.

“E nós estamos conquistando cargos maiores nas empresas tradicionais. Existem vários empreendedores jovens e de sucesso com startups gigantescas que servem de exemplo para outros jovens. Inclusive para este tipo de comportamento.”

DICAS

Qual orientação você daria para quem está começando?

“É necessário se inserir no meio, conhecer o perfil do cliente, as novidades e o que eles esperam da sua empresa. Eu converso constantemente com as minhas funcionárias pedindo opinião e discutindo ideias. Elas dominam e vivem nesse meio. Essa troca é muito importante. Também fui em todos os eventos grandes de estética de São Paulo em 2018. Eu preciso ter conhecimento e estar atualizado. Assim o cliente passa a ter confiança em você e na empresa.”

Tem mais alguma dica? “Tratar com seriedade todos os assuntos. Às vezes o ramo de atividade do negócio não é naturalmente de interesse do empresário, mas no papel de empreendedor, ele precisa respeitar e tratar com seriedade todos os assuntos. Para o cliente, um detalhe pode fazer toda a diferença”, completou Ricardo.

Ricardo Otávio, da D'pil Tatuapé

“É necessário se inserir no meio, conhecer o perfil do cliente, as novidades e o que eles esperam da sua empresa”

 

D’pil Brasil – unidade Tatuapé: Rua Tuiuti, 1.292, telefone 2306-0334. Pertinho do shopping Boulevard Tatuapé. Site: dpilbrasil.com.br. Redes Sociais: www.instagram.com/dpiltatuapetuiuti e www.facebook.com/dpil.tatuapetuiuti.

Matéria produzida por Vanessa de Sousa Fernandes, jornalista da equipe da Agência RP7.

Continue Reading
Publicidade
Você também pode gostar...
Agência RP7

Precisa de uma luz? A Agência RP7 quer compartilhar com todo mundo o seu produto. Para que isso aconteça, os profissionais trabalham de forma integrada, FULL SERVICE, com publicitários, designers, jornalistas, redatores e fotógrafos, para realizar ideias brilhantes e que sejam atrativas para o seu público. Acompanhamos as transformações da Internet, que são essenciais para fazer a ponte entre o cliente – produto e consumidor – necessidade. Tudo com muita criatividade e competência.

Deixar um comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Negócios e Finanças

To Top